PF indicia Jaques Wagner e mais dois por irregularidades em obras na Fonte Nova


 

Nacional - 27/02/2018 - 06:11:52

 

PF indicia Jaques Wagner e mais dois por irregularidades em obras na Fonte Nova

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / TV Brasil

 

Ex-Ministro e ex-governador Jaques Wagner do PT

Ex-Ministro e ex-governador Jaques Wagner do PT


A Superintendência da Polícia Federal na Bahia confirmou nesta segunda-feira (26) que indiciou criminalmente o ex-governador Jaques Wagner, o secretário da Casa Civil do Estado da Bahia, Bruno Dauster, e o empresário Carlos Daltro por recebimento de propina no âmbito da Operação Cartão Vermelho, deflagrada hoje pela PF para apurar irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio Arena Fonte Nova, em Salvador.

A Polícia Federal chegou a pedir a prisão temporária dos três indiciados, mas os pedidos foram negados pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), responsável pelos mandados de busca e apreensão que foram cumpridos hoje em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos no suposto esquema criminoso, incluindo a casa do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner.

De acordo com a Polícia Federal, diversas irregularidades estão evidenciadas no inquérito policial, entre elas fraude à licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. A PF explicou que os mandados cumpridos hoje “têm por objetivo possibilitar a localização e a apreensão de provas complementares dos desvios nas contratações públicas, do pagamento de propinas e da lavagem de dinheiro”.

De acordo com as investigações, a licitação que levou a formação da Parceria Público Privada nº 02/2010 para a construção do estádio “foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações – FNP, formado pelas empresas Odebrecht  e OAS”. Segundo laudo pericial, a obra foi superfaturada em mais de R$ 450 milhões, em valores corrigidos.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



3,6 milhões de títulos de eleitor no país foram cancelados por não fazer o cadastro biométrico


Cidades do estado de SP com cadastramento biométrico obrigatório


Entenda por que não havia sangue após a facada em Bolsonaro


Bolsonaro leva facada de extremista em Minas Gerais


SP prorroga vacinação contra pólio e sarampo por mais duas semanas


TSE indefere pedido de registro de candidatura de Lula à Presidência da República