-->


 

Politica - 10/11/2005 - 08:09:30

 

Presidente do PPS: "é hora de falar em impeachment"

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (PE), ratificou a necessidade de se discutir no Congresso e com a sociedade o processo de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o Freire, Lula é responsável pela "corrupção em seu Governo"."Claro que está na hora de se falar sobre impeachment de Lula. Em entrevista patética, na França, ele reconheceu a prática de caixa dois e disse que era uma coisa normal. Agora, ele volta a dizer (em entrevista no programa Roda Viva), nesta semana, que é um absurdo. É necessário que o presidente Lula seja responsabilizado. Já está caracterizado que houve corrupção no seu Governo para a compra de partidos no atacado e deputados no varejo", disse o parlamentar, em entrevista à Rádio Folha 96.7 FM. Sobre o deputado federal José Dirceu (PT-SP), Roberto Freire assegurou que votará favorável a cassação do petista, que está sendo acusado de ser o mandante do suposto esquema de corrupção no Governo. "Deixo claro que o meu voto será pela cassação (de Dirceu). Eu admito que o Conselho de Ética (da Câmara) está fazendo um bom trabalho", comentou. Em relação ao processo de cassação do deputado Sandro Mabel (PL-GO), Freire acredita que ele será absolvido. Mabel está sendo acusado de ser um dos distribuidores de recurso do "mensalão" aos correligionários e de ter oferecido R$ 1 milhão de "luvas" mais R$ 30 mil mensais para que a deputada Raquel Teixeira (PSDB-GO) trocasse de partido. Hoje à tarde, deverá ser confirmado o arquivamento do processo contra Mabel por falta de provas, recomendado pelo Conselho de Ética da Câmara. ;

Links
.
.
Vídeo


Últimas Notícias



STF aprova compartilhamento total de dados financeiros da Receita Federal com o MP sem autorização judicial


CONSIDERAÇÕES ACERCA DA PUBLICAÇÃO DA FOLHA DE S. PAULO


Recadastramento de telefones pré-pagos termina hoje,18, para 17 estados


Orlando Morando inaugura novo trecho do corredor Alvarenga


Medida Provisória acaba com o DPVAT


Senado aprova PEC que adia quitação de precatórios