-->


 

ABCD - 04/09/2019 - 10:52:47

 

CAOA acerta compra da fábrica da Ford para produzir Changan

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Comunicado da Caoa em São Bernardo na planta da Ford

Comunicado da Caoa em São Bernardo na planta da Ford


Na última terça-feira, 3, o governador paulista, João Dória, ao lado do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, ambos do PSDB, anunciaram a intenção de compra da fábrica da Ford, no bairro de Taboão, em São Bernardo do Campo, pelo grupo brasileiro CAOA.

O comunicado foi feito no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com a presença de Lyle Watters e Carlos Alberto de Oliveira Andrade, presidentes da Ford do Brasil e da CAOA, respectivamente.

No evento, CAOA teria se retirado sem dar detalhes sobre o que fará na fábrica paulista, cuja negociação agora entra numa fase de análise de valores da proposta e tem um prazo de 45 dias para ser aprovada pela Ford americada, sede da empresa, e ser confirmada finalmente.

Em relação aos valores, tudo se mantém em sigilo, mas o mercado está mesmo é de olho no que CAOA fará na planta de Taboão, que é enorme. Na segunda-feira, 2, a imprensa não havia divulgado o destino da unidade, que aparentemente seria para expandir a capacidade produtiva do grupo brasileiro. Também se falava em uma nova marca chinesa em negociação.

Ontem, em atualização, o jornal do Carro, Estadão, disse que a tal marca chinesa é a Changan, sócia da Ford na China, onde é uma das cinco maiores montadoras e ligada ao governo de Pequim. No evento, dois representantes dessa marca estavam presentes e um teria revelado que as duas partes estavam acertando a negociação para retorno da empresa.

A Changan já esteve no mercado brasileiro com a Chana Motors, tendo exibido seus utilitários comerciais em 2006 inicialmente e depois começado a importação, que durou até 2016. Recentemente, a marca se pronunciou novamente através de um comunicado, em fevereiro, da chegada de carros elétricos importados.

A previsão era para iniciar as vendas na primeira quinzena de abril, mas nada aconteceu. A proposta era dos modelos Mini Benni, CS15 e Eado 460, sendo estes hatch subcompacto, SUV compacto e sedã médio, todos eletrificados. Além disso, vans utilitárias da linha Star, também elétricas, estavam no comunicado.

Changan

EADO 460

Changan

Painel do EADO 460

Changan

Mini Binni

Changan

CS15

Citando fontes do setor, o jornal comenta que a Changan pretende fazer SUVs em São Bernardo do Campo. Por ora, a CAOA diz que nada está acertado e se houver algum acordo, este será anunciado mais adiante. Não se sabe se o negócio entre a brasileira e a americana, com a presença da chinesa, tem relação com a sociedade destas duas últimas.

A Ford anunciou a chegada do Territory em 2020 e sua produção ocorrerá na Argentina em 2021. O SUV é um produto da Changan, através de sua empresa JMC. De qualquer forma, a linha de produtos da Changan, não o Yusheng S330, que é o irmão do SUV que chegará no ano que vem.

A Changan tem diversos modelos de SUVs da linha CS, mas pelo tamanho de Taboão, a CAOA pode fazer lá bem mais do que apenas utilitários esportivos. A marca tem também vários veículos comerciais na China.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



TJ-SP devolve mandato a prefeito de Mauá, cassado por deixar cargo vago ao ser preso


Governo federal lança carteira estudantil digital


CAOA acerta compra da fábrica da Ford para produzir Changan


Morando e Doria conquistam investimento de R$ 2,4 bilhões com a Volkswagen


OAS delata R$ 12 milhões de propinas em São Bernardo na gestão de Luiz Marinho, PT


Bolsonaro analisará possíveis vetos a projeto de abuso de autoridade