-->


 

ABCD - 13/11/2017 - 17:05:17

 

Gersino, ex-juiz de São Bernardo, que está preso, perde o cargo por extorsão de empresário

 

Da Redação .

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Ex-juiz de São Bernardo do Campo, Gersino Donizete do Prado

Ex-juiz de São Bernardo do Campo, Gersino Donizete do Prado


O juiz Gersino Donizete do Prado, preso por extorquir dinheiro de um empresário (170 vezes), perdeu o cargo de magistrado e, com a decisão, o ex-titular da 7ª vara de São Bernardo do Campo deixará de receber aposentadoria de R$ 52 mil, segundo o TJSP-Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

A denúncia foi feita originalmente pela Procuradoria Geral de Justiça e, em 2015, o TJ determinou que o juiz tivesse sua aposentadoria compulsória. Nas alegandções constaria que as faltas cometidas por Gersino eram gravíssimas pelo fato de ter recebido vantagens e benefícios de empresa privada.

O desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti,  presidente do TJ, determinou que Gersino perdesse o cargo de juiz de direito a partir do último dia 31 de outubro. 

O ex-juiz está preso em São Paulo desde o início de outubro.

A denúncia realizada pelo empresário José Roberto Ferreira Rivielo, que tinha uma empresa que fabricava peças para carros, foi realizada após passar por dificuldades financeiras. De acordo com o empresário, quando o negócio ameaçou "quebrar", ele entrou com um pedido de recuperação judicial para não ir à falência. 

Ainda de acordo com o empresário, Gersino, titular na época da 7ª Vara de São Bernardo, aceitou o pedido, mas teria exigido "propina", ou "pagamento de pedágio", que iniciaram em R$ 1 mil por semana e chegaram a R$ 4 / R$ 5 mil semanalmente.

“Era um homem muito fino. Dei relógios caros, dei relógio de R$ 20 mil, de R$ 12 mil, de marcas conhecidas. Dei colar de esmeralda no aniversário da mulher dele”, relatou o empresário de São Bernardo.

A condenação do ex-juiz Gersino Donizete do Prado foi de 8 anos e 4 meses de prisão, em regime fechado, mas a pena, posteriormente, foi convertida para o semiaberto, tendo de retornar ao presídio para dormir à noite.

Gersino continua, até o momento, em regime fechado, pois ainda não apresentou um trabalho fixo comprovado.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Justificativa eleitoral pode ser feita pela internet


Vagas do Mais Médicos são reabertas


Maioria do TSE rejeita ação do PT contra Bolsonaro


Conselho de Ética arquiva representação contra deputados petistas


Onyx apresenta lista dos 22 ministérios do governo Bolsonaro


Receita e PF apreendem mais de 285 kg de cocaína no Porto de Santos