-->


 

Politica - 09/12/2005 - 11:15:13

 

Relator critica decisão de procurador sobre prisão de Valério

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), criticou a decisão do procurador-geral da República Antônio Fernando de Souza de não acolher a sugestão dele de que se decretasse a prisão do empresário Marcos Valério. "Houve precipitação da parte dele", disse Serraglio. "Ele não deve ter lido o laudo da Polícia Federal." De acordo com laudo da Polícia Federal, foram impressas 80 mil notas fiscais falsas das empresas DNA e SMP&B, de Marcos Valério. Além disso, o documento indica que houve adulteração de Autorizações de Impressões de Documentos Fiscais (AIDF). O laudo Indica ainda que foram manipulados, falsificados e alterados registros e documentos, além de milhares de operações terem sido omitidas dos registros contábeis. O presidente da comissão, senador Delcidio Amaral (PT-MS), explicou que o pedido de prisão só poderia ser feito ao Ministério Público Federal depois de ser apreciado pelo plenário da CPI. Afirmou ainda que o procurador só pode responder quando for consultado oficialmente. "O procurador só pode emitir qualquer opinião quando instado oficialmente, quando de posse, inclusive de muitas informações que acredito que o MP não detenha", disse. ;

Links
.
.
Vídeo


Últimas Notícias



Recadastramento de telefones pré-pagos termina hoje,18, para 17 estados


Medida Provisória acaba com o DPVAT


Senado aprova PEC que adia quitação de precatórios


Morre o Presidente da Câmara de São Bernardo do Campo, Ramos Ramos, em acidente de carro


TJ-SP devolve mandato a prefeito de Mauá, cassado por deixar cargo vago ao ser preso


Governo federal lança carteira estudantil digital