-->


 

Informática - 10/11/2005 - 08:34:54

 

Navegador Flock integra serviços da Web 2.0

 

Da Redação com AP

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


Navegar na web costumava ser exatamente isso: passar de site em site procurando por informação e coisas para baixar. Mas ultimamente, mais pessoas estão usando a Internet tanto para produzir e compartilhar quanto para consumir. Um novo navegador, chamado Flock, foi criado justamente para atender esta nova realidade de criatividade e comunidade. O Flock é uma versão melhorada do navegador Firefox, da Mozilla Foundation, com diversas características adicionadas para ajudar usuários a publicar entradas em diários virtuais e compartilhar sites favoritos. Apesar do Flock estar ainda em uma fase muito inicial de testes, que quer dizer que vão surgir muitos problemas, dá uma boa noção do que devemos esperar. Eu acho que o Flock faz bem o papel de levar a navegação na web para um nível completamente novo. Com o Flock, os bookmarks tradicionais, também conhecidos como favoritos, foram pela janela. Ao invés disso, você coloca uma estrela em uma página. Com isso, você automaticamente envia este link para uma conta online, criada no site de bookmarks sociais Del.icio.us. Isto quer dizer que, em teoria, você pode facilmente acessar seus sites de qualquer computador, não somente no que você os salvou. Na prática, por ainda estar em testes, a sincronização está longe de perfeita. E mais, você pode descobrir novos sites, e ajudar outros a fazê-lo também. O del.icio.us permite que você veja quais outros membros têm os mesmo sites listados em suas coleções. De lá, você pode ver quais outros sites eles freqüentam. A idéia é que se duas pessoas têm os mesmos bookmarks, há uma grande possibilidade muito grande de terem os mesmos interesses e gostarem dos mesmos sites. O Flock tem uma forma muito fácil de marcar os bookmarks online, para auxiliar na organização e descoberta. Ao invés colocar um site qualquer numa pasta chamada "Lost", você pode marcar o site com as palavras "televisão", "Lost" e até "ABC". Estas palavras com as quais se marca os sites são chamdas de "tags". Você então usa o gerenciador de "favoritos" do Flock para ver quais links carregam certos tags, ou fazer uma procura por listas de favoritos de outras pessoas usando o tag como chave de busca. O Flock também tem uma gama de características feitas para ajudar pessoas a publicar em blogs. Um editor de texto embutido permite que você publique diretamente em alguns dos mais conhecidos serviços de diários online, como o TypePad e o Blogger. Se você encontrar algo na Internet que gosta, pode selecionar o texto, clicar com o botão direito e colocar "Blog This". O editor de texto se abre com o texto e um link para o site já preenchido. Tudo que você precisa fazer é colocar algum comentário e publicar. Uma outra característica do navegador permite que você facilmente arraste fotos do Flickr para usar no seu blog. A única coisa que falta ainda é uma ferramenta para publicar páginas completas, não somente blogs. Existem planos para tal, como uma ferramenta que foi explicitamente removida dos navegadores Mozilla pelo pessoal que criou o Firefox. Além de produzir e compartilhar, o Flock tem uma série de funções para ajudar a descobrir. Comece a digitar uma palavra na caixa de texto e o navegador vai achar bookmarks e páginas recém visitadas, que batem com o que foi inserido. O navegador é gratis e está disponível para Windows, Mac e Linux. Seu código é aberto para qualquer um examinar e melhorar. Os desenvolvedores dizem que ainda há muitas novidades por vir, incluindo maneiras de publicar fotos no Flickr e interagir melhor com serviços de redes sociais. Outros serviços de bookmark, foto e blog serão suportados no futuro. Uma versão mais estável do Flock deve sair no próximo mês, e uma versão final no início do ano que vem. Eu ainda não recomendaria que você substituísse o seu navegador atual pelo Flock. Mas se você usa a Internet para mais do que visitar sites passivamente, fique de olho neste browser. ;

Links
.
.
Vídeo


Últimas Notícias



Código-fonte de verificador de assinaturas digitais está disponível para download diretamente no site do ITI


Especialista do mercado financeiro explica porque o coronavírus derrubou as bolsas de valores no Brasil


STJ admite flexibilizar súmula sobre dano por inscrição em cadastro restritivo


Com bens bloqueados, Lula receberá salário do PT


Lula pede autorização para visitar o papa Francisco no próximo dia 13


Caixa paga hoje valor complementar do saque imediato do FGTS