-->

VACINAÇÃO PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO - PROFESSORA DO GOVERNO DE SÃO PAULO



 

Economia - 03/05/2021 - 10:34:13

 

O que são birôs de crédito?

 

Alexandre Damasio Coelho (*) .

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Alexandre Damasio Coelho é presidente da CDL São Caetano do Sul e advogado

Alexandre Damasio Coelho é presidente da CDL São Caetano do Sul e advogado


Os birôs de crédito são plataformas que oferecem informação de pessoas e empresas, com foco nos dados que impactam o crédito. Os birôs têm intenção de tornar público e comercializar ao mercado que compra o acesso à plataforma - informações de hábitos de pagamento do consumidor para conceder-lhe crédito.

Segundo dados do Google Public Data, sob a rubrica “A abrangência da agência de informações de crédito privada indica o número de indivíduos ou empresas indicadas por uma agência de informações de crédito privada com informações atualizadas sobre o histórico de reembolsos, dívidas não pagas ou crédito sem liquidação”,  de 2016 até 2018, no Brasil, cerca de 80,5% da população adulta tem seus dados de inadimplência disponíveis em algum dos birôs de crédito.

O que os birôs ofertam e o que o mercado busca é uma relação mais igualitária entre as partes dessas operações de crédito, ou seja, o mercado quer conhecer o consumidor. Os birôs possuem três grandes ênfases: os produtos de prospecção de mercado, as avaliações de crédito, auxílio na gestão de carteira e na recuperação de  obrigações vencidas. 

Os  serviços e produtos envolvem a coleta e o tratamento de dados pessoais, demográficos, de renda,  de relacionamento com o mercado. Essas informações  podem ser utilizadas no momento que antecede a fase da concessão de crédito.  Os dados disponíveis para essa fase são coletados no próprio banco, e ainda em compartilhamento de dados entre as empresas, aquisição de dados existentes em outras empresas, como por exemplo, o cartório e uso de dados públicos como o PNAD e IBGE.

 As  atividades de avaliação de crédito dos birôs têm uma dinâmica que entrega atividades referenciais para prevenção de fraude. Eles avaliam a confiabilidade das partes que compõem operação de crédito, estatística de solvência para avaliar a habitualidade de inadimplemento e a formação de uma  nota de crédito que sugestiona a capacidade de endividamento e de adimplemento do tomador.  Essas atividades são feitas no momento  anterior à concessão do crédito e se propõem a avaliar temporalmente as atividades do tomador de crédito.

Além do universo de dados, a atualidade do dado possui importância ímpar. Último aspecto prestado pelos banco de dados, o auxílio na gestão de carteira e recuperação de crédito. Inclui  a disponibilidade de dados relativos aos hábitos de consumo, propensão de solvência do devedor e produtos que sensibilizem o inadimplente  ao cumprimento do pagamento.

O mercado de informação para o crédito é caracterizado por empresas que sistematizam a geração de dados, o registro e a classificação de eventos obrigacionais das pessoas físicas e jurídicas, ofertando através de produtos tecnológicos instrumentos de auxílio para conceder crédito mais assertivo, diminuindo a chance de calote.

No Brasil existem quatro birôs de crédito privados habilitados para funcionar, o SPC Brasil é o que tem maior capilaridade territorial, maior rede de atendimento e maior base de dados.

O Banco Central possui uma Central de Informação de Crédito - SCR  e o  Cadastro de Emitentes de Cheques Sem Fundo- CCF, que são birôs públicos que disponibilizam para os cidadãos o acesso para seus dados bancários e análise de endividamento através do portal registrato. Esse banco de dados não possui a mesma amplitude de acesso que as plataformas privadas, tampouco a mesma oportunidade de informações.

A legislação impõe ao mercado de birôs uma interface educativa visando minimizar os efeitos de superendividamento, a maioria dos bancos de dados disponibilizam ferramentas  e ambientes para mediação da dívida o que gerou outro mercado rentável: a manutenção do ciclo de gestão e recuperação de crédito nos ambientes extrajudiciais.

  * Alexandre Damasio Coelho é presidente da CDL São Caetano do Sul e advogado.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



CPI da Covid: as perguntas que o ministro Marcelo Queiroga deixou de responder


Ronda Ostensiva Municipal de São Bernardo prende dupla por roubo em ponto de ônibus


GCM de Santo André deflagra operação na região do bairro Camilópolis


Prefeito Orlando Morando e governador João Doria anunciam início das obras do piscinão Jaboticabal


Ave, Bolsonaro, os que vão morrer te saúdam!, escreve Thomas Traumann


Butantan envia mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao PNI