-->


 

Nacional - 16/04/2018 - 12:23:56

 

Prefeitura autoriza calçadão para comerciantes no Parque São Bernardo

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Local tinha ordem judicial para demolição; prefeito Orlando Morando anuncia projeto urbano e preserva atividade comercial

Local tinha ordem judicial para demolição; prefeito Orlando Morando anuncia projeto urbano e preserva atividade comercial


Firmar compromissos de forma transparente, preservando os interesses do desenvolvimento de São Bernardo. Em linha com estes atributos, o prefeito Orlando Morando autorizou neste domingo (15/04) a construção de um calçadão, que vai beneficiar o principal ponto comercial do Parque São Bernardo, localizado na Rua Almeida Leme.

O espaço concentra 33 lojas comerciais, dos mais variados produtos, instalado há mais de três décadas nos arredores da via. Entretanto, a expansão desordenada foi alvo da Justiça, que determinou a demolição e, consequentemente, a desocupação total.

“A ordem judicial determinava a saída, porque as lojas estão acima das calçadas, impedindo a mobilidade dos pedestres. Diante desta adversidade, fomos ao Ministério Público e elaboramos um projeto que preservasse este centro comercial, fazendo uma nova calçada com acessibilidade a todos”, destacou o prefeito de São Bernardo.

Assim, a Prefeitura irá investir cerca de R$ 100 mil em todo o projeto, que compreende toda a extensão da Rua, utilizando novo asfalto e adequação da mobilidade, que irá deixar ter os dois sentidos de tráfego de veículos. O início dos trabalhos ocorre a partir desta segunda-feira (16/04), com término previsto para 60 dias.

Durante o ato oficial, feito por Morando, na companhia do vice-prefeito, Marcelo Lima, vereadores da base aliada, além de comerciantes e moradores locais, foi confirmado também que a Prefeitura vai regularizar todos os pontos comerciais do espaço.

“Tudo foi trabalhado pensando no melhor para toda esta região. Vamos emitir também uma autorização para legalizar todos estes comércios. É a Prefeitura fazendo a parte dela. O Ministério Público colaborando para que não precisasse remover ninguém. Neste bom acordo, contemplamos a cidade, melhorando as calçadas e fortalecendo a atividade comercial”, acrescentou o chefe do Executivo.

RECEPÇÃO – Estabelecido na Rua Almeida Leme, com um comércio de vestuário feminino, Manoel de Assis Mota, 57 anos, discorreu que aguarda com ansiedade a intervenção da Prefeitura.

“Vivo desta loja e entendo que a obra vai nos ajudar bastante para atender os clientes. Fiquei muito contente sim”, comentou.

Proprietário da unidade “Cantinho do Bebê”, José Alair dos Reis, 64 anos, destacou que recebeu com “surpresa” o anúncio do projeto.

“A expectativa é a melhor, porque está sendo pensado em todo o nosso trabalho e na comunidade. Foi impedido uma demolição com uma calçada mais ampla. Fiquei feliz”, afirmou.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Medida Provisória acaba com o DPVAT


Senado aprova PEC que adia quitação de precatórios


Morre o Presidente da Câmara de São Bernardo do Campo, Ramos Ramos, em acidente de carro


TJ-SP devolve mandato a prefeito de Mauá, cassado por deixar cargo vago ao ser preso


Governo federal lança carteira estudantil digital


CAOA acerta compra da fábrica da Ford para produzir Changan